Pesquisa:
1
19.10.2009
Movimento Sindical
Por empregos e qualidade de vida
Blog 40 Horas
Arte Jaws Digital

“Uma das principais bandeiras de luta da Campanha Salarial 2009 é a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 semanais, sem redução de salário. É uma luta antiga do movimento sindical que vem ganhando forma e força na política nacional.

A redução da jornada é fundamental porque, de imediato, geraria 2,2 milhões de novos empregos no Brasil. Mas os benefícios da redução são muito mais amplos. Além de novos postos de trabalho, o que dá dignidade à todo cidadão brasileiro, teria um impacto positivo na qualidade de vida de toda família trabalhadora.

Os trabalhadores terão mais tempo para participar das ações da sua família, o que reflete diretamente na educação dos filhos e no lazer, dentro outros. A redução também permitirá mais tempo para que se busque qualificação profissional. Quanto maior a capacitação, melhores indústrias, melhores produções e, acima de tudo, trabalho decente e qualidade de vida.

A redução da jornada tem um reflexo direto no combate ao número abusivo de horas extras e na redução de acidentes de trabalho. A Federação intensifica suas ações pela redução da jornada de trabalho. Uma medida pela geração de emprego, trabalho decente, qualidade de vida ao trabalhador e seus familiares”.

Por Edison Venâncio
Secretário de Relações Internacionais da CNTM

 
 

Comentar
Nome:
E-mail (opcional):
Comentário: caracteres faltando...
Copie o código ao lado no campo abaixo:
1 comentário para esta mensagem.
O olho de tandera dos donos da produção tem que se adequar ao momento. A automação e o excesso de produtividade em todos os segmentos nos possibilita dizer que a forma mais justa e inteligente de distribuir renda e melhorar a gualidade de vida de uma nação é reduzindo a jornada de trabalho. Quanto mais habitante envolvido no processo produtivo aumenta a auto-estima do povo e a economia agradece.