Pesquisa:
0
05.10.2009
Movimento Sindical
Ampliar o debate e conquistar
Miguel Torres
Presidente da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e vice-presidente da Força Sindical

Eu quero as 40 horas pois, sob todos os aspectos, esta jornada de trabalho traz benefícios para a classe trabalhadora e para o desenvolvimento do País.

Por isto, com o espírito de unidade e luta do movimento sindical, estamos realizando debates e mobilizações com os trabalhadores e com a população, nas Câmaras de Vereadores, nas Assembleias Legislativas e no próprio Congresso Nacional, onde será votada e, assim esperamos, aprovada a PEC 231/95, que reduz de 44 para 40 horas a carga de trabalho semanal no País. 

É imprescindível, contudo, um envolvimento maior de todas as pessoas neste processo. Cobre o seu deputado, envie e-mail, converse com os amigos e colegas de trabalho e mostre o amplo alcance social da jornada de 40 horas, sem redução salarial, para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Participe! Exija votação, já!

Miguel Torres
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e vice-presidente da Força Sindical

Mais resultados: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43